CUMPRE O DEVER.


Cumpre com o teu dever de cada dia.

Não esmoreças na luta.

O trabalho rotineiro é uma bênção que, quase sempre, não consegues avaliar.

Liberta-te de todo e qualquer embaraço e serve.

Comparece à tarefa com alegria e otimismo.

A dor que te incomoda pode não passar de sugestão das trevas.

Muita indisposição física reflete estados negativos de espírito.

Mesmo que, à feição de pesado fardo, tenhas que arrastar o teu corpo, não deixes de comparecer à atividade espiritual sob tua responsabilidade.

Uma vassoura em tuas mãos varrendo o chão opera prodígios em teu íntimo.

Dize aos outros a palavra boa que carece soar aos teus ouvidos.

Quanto mais te acomodares, mais te chafurdarás no lamaçal da ociosidade.

Irmão José (Carlos A. Baccelli

Categoria:Gotas de conhecimento

Deixe seu Comentário